quarta-feira, 20 de julho de 2011

ROCK GOSPEL


















 



PLAY ROCK TO THE GLORY OF JESUS

E finalmente o rock chega à música gospel no Brasil. Um grande tabu, com certeza, vencendo críticas e preconceitos de longas décadas, uma questão de escolaridade e cultura, talvez.

Foi muito difícil a igreja brasileira sair dos hinários tradicionais para a música pop e daí para o rock, porém hoje, grande parte da sociedade evangélica já aceita louvores em ritmo de rock (assim como também outros ritmos pop). É o Reino de Deus crescendo, a igreja saindo dos limites das quatro paredes dos templos e levando o Evangelho de Cristo em forma de música às praças, casas de evento e até mesmo estádios.

Como em toda história, em qualquer sociedade, grupos se destacam (é normal, faz parte da vida humana) e músicos maravilhosos têm surgido e obras excelentes têm se produzido na música gospel nacional.
No gênero rock (a que este blog se propõe), podemos citar nomes como Banda Resgate "Nada me faltará", "Suficiente para mim", obras como "Metal Nobre nas Mãos do Senhor", um excelente trabalho musical, "Abundante Chuva", Quatro por Um vol.4", Bruna Olly (otima!) David Quinlan: "Grande é o Senhor", "Abra os olhos do meu coração", Diante do Trono: "Tua chuva", "De todo o coração", "Viver por ti",André Valadão "Livre sou", "Solta o cabo da nau"(ficou ótima!!!), "Porque Ele vive", Toque no Altar: "Correndo pros teus braços", "Corte do Egito", "Sete vezes mais", "Toda sorte de benção", Fruto Sagrado: "Diferente dos Anjos", "Forrock (prezado presidentiii - genial!!)", Regis Danese: "Te adorar" e "Eu quero te agradecer", Ruanez: "A gloria do Senhor"e "Retrovisor", Rudney e Ruaby: "Jesus é a vida", Zé Marco e Adriano: "De bem com a vida", "Vai", "Tchau solidão", Filho cowboy", e muita coisa iluminada.´

Mas, gostaria de chamar a atenção sobre duas cantoras:Aline Barros, menina com uma carreira ministerial brilhante, até dispensa comentários, mas citaria: "Fico feliz", Sou feliz", "Quando Cristo falar", "Se clamares", Você é de Deus", "Clame o nome de Jesus", "A comunhão de tua glória", "Rei meu", "Apaixonado", "Bem aventurado", "Vento do Espírito", "Aleluia", "Ao erguermos as mãos", "Tudo é diferente", "Vou te alegrar", "Tudo é teu", Jesus filho de Deus", Conquista", Captura-me", entre outras.

A outra chama-se Nívea Soares, uma das melhores vozes que já ouvi na música gospel ou secular, e um trabalho musical de grande riqueza melódica e arranjos, apesar de que algumas são muito prolongadas, repetitivas em excesso. Eu classificaria como melhores: "Ele vem", Tempo de adorar", Subirei", Contigo eu desejo estar (linha melódica e performance de voz estilo Paula Toller), Aquele que é", Visitação"(voz perfeita, maravilhosa!), e "Som que vem dos Céus",esta na minha opinião, a melhor de todas.

Toda essa nova geração de músicos evangélicos, veio a preencher uma grande lacuna, era o que estava faltando na música gospel nacional: arte, melodia, arranjos, criatividade, virtuose. Faça o melhor pra DEUS. O que algumas pessoas ainda precisam é se libertar do orgulho, dos preconceitos, de acepções e julgamentos, e servir realmente a Deus, buscando os que estão de fora e respeitando os que são de dentro.

Por falar em "secular", não disponho de tempo para fazer este blog, por motivo do árduo trabalho secular (Quem me dera não trabalhar! Oh! Deus!, Por que Adão foi pecar?!). Mas prometo que vou fazendo aos poucos, na medida do possível. Aguardem
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário